Corinthians grande!

Eu não gosto da rede do Mark pois as pessoas são extremamente chatas e mimizentas. E por mais que várias limpezas sejam feitas, o nível de chorume ainda é alto. Gosto da liberdade do twitter. Então, para  você que diz que ‘corinthiano some do Facebook quando o time perde’, é só chegar no twitter @milerio que estou sempre lá!

Ficou claro desde o episódio na Bolívia que na bola ninguém eliminaria o Corinthians, que a Libertinha (a chamo assim já faz um tempo, só pra constar) é uma várzea e a CONMEBOL não tem capacidade para organizar um campeonato deste porte (visto que uma vida foi perdida e nada foi feito para melhorar a segurança nos estádios, doze vidas estão trancafiadas sem previsão de solução para o caso).

Reclamar da arbitragem ridícula que anulou dois gols legítimos e não marcou dois pênaltis claros, é chover no molhado. Dizer que a apresentação do Corinthians foi abaixo do esperado é criar um desconforto em véspera a uma decisão de título. Mas é preciso rever e analisar os erros para não cometê-los mais. Durante o jogo eu comentei (via twitter) que vi, em certos momentos, alguns egos sendo colocados acima do bem da instituição. E sem contar que se dar ao luxo de deixar um jogador como o Alexandre Pato (tanto técnica quanto financeiramente falando) no banco, já deu!

Mas eu quero falar sobre o destaque positivo da partida de ontem, a Fiel. Não aquela que apoiou o mosaico provocativo, mas sim aquela que viu o jogo ser operado e mesmo assim, ao final da partida, cantou em altíssimo e claríssimo som o hino mais belo do universo. O que aconteceu não é novidade, foi apenas mais uma das provas de amor, na forma mais doce, sublime e incondicional, que esse imensa e intensa torcida é capaz de proporcionar aos olhos e ouvidos e todos. A Fiel aprendeu a perder a Libertinha em 2010, aprendeu a ganhar em 2012 e entrou no ciclo do futebol, um dia a gente perde, no outro a gente ganha. E (in ou felizmente) erros humanos fazem parte deste espetáculo e é isso que o faz único. Como já disse, eu gosto de futebol, mas o Corinthians… esse eu amo!

Gostaria de compartilhar uma parte do (palmeirense ou são paulino?) Rica Perrone.

Eles cairam junto, subiram, ganharam tudo, e hoje perderam junto com o Corinthians.

São mesmo meio malucos. E não temos remédio para indicar.

Sua loucura contagia até mesmo quem te odeia. Pois é invejável enlouquecer feliz e assim permanecer inclusive na dor.

O Corinthians está fora, levando os rivais a loucura.

E cantam, não felizes, mas ainda orgulhosos. Porque são loucos. Loucos por ti, Corinthians

O texto completo você pode conferir aqui.

É isso e domingo tem mais. Em campo de society, mas valendo um título Paulista.

Ah, e se vocês soubessem como é bom torcer sempre para o mesmo time… {:

Passar bem. E Vai Corinthians!

KEEP ROCKING!

Anúncios

Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s