Música: Legião Urbana

Ultimamente, estou com muitas músicas da Legião Urbana na cabeça.
Eu gosto bastante da banda e tenho orgulho de dizer que tenho quase todos os álbuns em CD. É uma das heranças que deixarei aos meus filhos, hahaha (junto com o astigmatismo, a sinusite e a rinite, sorry, kids!). Mas, apesar de gostar, não é uma banda que escuto todo dia. Acho que o lance de ‘Faroeste Caboclo’ ter virado filme e entrar em cartaz ao final do mês, me deixou com vontade de ouvir as outras músicas.
A banda, eu não vou apresentar, pois já devem conhecer. Caso contrário, joga no Google. As músicas mais conhecidas são boas, mas tenho uma lista de preferidas que não são tão conhecidas.

Meu top 5 – Legião Urbana

5 – A fábrica
Esta música fala sobre a exploração do trabalho, do trabalhador e do meio ambiente.

4 – Química
Esta música fala claramente sobre a fase da vida de transição entre a adolescência e a vida adulta, além da pressão sobre faculdade e vestibular.

3 – Baader-Meinhof blues
Esta música fala sobre a vida nas grandes cidades, sobre a violência cotidiana e critica o governo de leve.

2 – Clarisse
É a segunda maior música da banda, com 10 minutos e 33 segundos de duração! Só perde para Metal contra as nuvens que tem 11’28”. A música fala sobre suicídio, depressão e o abuso contra mulheres.

1 – O reggae
Me identifico bastante com a letra dessa música. A melodia é bem melancólica e vai de frente com os versos revoltados.
E com vocês, a letra de O reggae:

Ainda me lembro aos três anos de idade
O meu primeiro contato com as grades
O meu primeiro dia na escola
Como eu senti vontade de ir embora
Fazia tudo que eles quisessem
Acreditava em tudo que eles me dissessem
Me pediram pra ter paciência
Falhei
Gritaram: – Cresça e apareça!
Cresci e apareci e não vi nada
Aprendi o que era certo com a pessoa errada
Assistia o jornal da TV
E aprendi a roubar pra vencer
Nada era como eu imaginava
Nem as pessoas que eu tanto amava
Mas e daí, se é mesmo assim
Vou ver se tiro o melhor pra mim.
Me ajuda se eu quiser, me faz o que eu pedir
Não faz o que eu fizer
Mas não me deixe aqui
Ninguém me perguntou se eu estava pronto
E eu fiquei completamente tonto
Procurando descobrir a verdade
Nos meios das mentiras da cidade
Tentava ver o que existia de errado
Quantas crianças Deus já tinha matado.
Beberam o meu sangue e não me deixam viver
Têm o meu destino pronto e não me deixam escolher
Vêm falar de liberdade pra depois me prender
Pedem identidade pra depois me bater
Tiram todas as minhas armas
Como posso me defender?
Vocês venceram essa batalha
Quanto à guerra,
vamos ver.

Gostei de fazer um top 5. Acho que farei isso com outras bandas, rs.

KEEP ROCKING

Anúncios

Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s